Trem na Itália

Trem na Italia 00

Fiz todos os trajetos internos de trem na Itália e comprei todos com antecedência, pois a diferença de preço é bem grande. Você pode simular no site da Trenitalia para comparar, coloque as datas para o dia seguinte e para daqui a 60 dias e veja os resultados. Antes de falar de como comprar os tickets, eu queria falar sobre os diferentes trens.

Tipos de trem na Itália

Como vocês podem ver nas fotos abaixo, tem muitos tipos de trem e a única coisa que sabia era que existiam os rápidos e os regionais, mas mesmo entre eles tem várias diferenças. Dos trens rápidos tem o Frecciarossa que chega a 300 km/h, tem wifi e faz Milão-Roma em 2h55!! Utilizei para este trecho e depois de Roma para Florença.  Depois tem o Frecciargento que foi o que comprei para ir de Florença para ?Verona, mas não foi exatamente o que peguei… Já conto esta história. E o Frecciabianca utilizei de Verona para Veneza. São todos muito confortáveis, com tomadas, luzes, mesinhas e tela no corredor indicando as estações. Uma coisa que me incomodou um pouco no Frecciarossa foi que não havia espaço nos extremos dos vagões para bagagens grandes. Tive que levantar a mochilona e colocar acima do assento!! No fim o trem nem encheu e eu podia ter deixado do meu lado, não gosto muito disso, mas acabei fazendo em um deles. No Frecciargento e no Frecciabianca tinha um espaço para malas em um dos extremos dos vagões. Talvez isso não seja muito uma regra, porque além destes nomes tem alguns modelos tipo 600 ou 1000 então pode variar isto da mala. Só esteja preparado para achar um lugar alternativo para a mala, tipo entre dois bancos virados de costas um para o outro.

Também utilizei trens regionais para ir para Pisa e Lucca, alguns são bem simples e com vagões menores. Tem uns mais bonitinhos com 2 andares. Eles são bem lentos comparados com os Freccias.

Os tickets que comprei não precisavam ser validados nas máquinas, mas eu sempre perguntava para algum fiscal nas plataformas. Acho que por serem nominais, com data, hora e assento marcado não precisava validar.

Veja nas fotos um pouco como são as estações e os trens.

Trem na Italia 01

Frecciarossa chegando

Trem na Italia 02

Veja o número do vagão nas telas do lado de fora

Trem na Italia 03

Passando por outros trens no caminho

Trem na Italia 04

Passando por outros trens no caminho

Trem na Italia 05

Repare na tela de LCD com o trajeto e no espaço para malas

Trem na Italia 06

Luzes e assentos

Trem na Italia 07

Trem regional

Trem na Italia 08

Trem regional

Trem na Italia 10

Trem regional, praticamente sem espaço para mala

Trem na Italia 11

Trem de Pisa para Lucca, o mais simples e com vagão micro.

 

Trem na Italia 13

Mais um regional

Trem na Italia 14

Trem na Italia 15

Eu e o mochilão

Trem na Italia 16

Cara de morta, mas é para mostrar a luz de leitura entre os bancos (a tomada é perto do assento ou na mesinha)

Compra equivocada

Agora vou contar o “causo” que me ocorreu e no que você deve prestar atenção ao comprar.

Várias cidades tem mais de uma estação de trem e ao pesquisar nas primeiras vezes escolhi a opção de todas as estações para ver todas as opções e comparar preços. Não sabia ainda quais existiam e as localizações e nem onde ia me hospedar. Mas mesmo depois de saber quais estações que eram as principais e mais perto das atrações das cidades, cometi um erro numa compra e só notei na hora de embarcar.

Cheguei 1h antes do trem em Milão, depois em Roma já reduzi para 30 minutos e em Florença resolvi chegar uns 15-20 minutos antes já que eu havia reparado que a plataforma só aparecia na tela mais ou menos com esta antecedência. Nas estações quase não tem onde sentar fora os lugares para comer e eu não queria ficar muito tempo com a mochila nas costas ou tirar e colocar no chão. E foi aí que me dei mal. Cheguei em Florença pela Estação de Santa Maria Novella, que era a 8 minutos a pé do meu hotel. Na hora de ir embora saí do hotel faltando uns 25 minutos para o horário do trem. Chegando lá fiquei olhando no visor que está nesta foto abaixo e procurando meu trem. Procurei, procurei, pela hora, pelo número, pelo destino e nada. Peguei o papel da reserva que é a foto seguinte e a ficha caiu: Firenze Campo Di Marte. Era a outra estação!!! Desespero, muitos xingamentos mentais para a minha pessoa. Olhei no Google Maps e mesmo de carro não daria tempo de chegar. Me resignei e fui para uma máquina da Trenitalia, próximo trem para Verona, apenas com baldeação em Bologna, por 49 euros!!! Eu tinha pago 14 euros na minha passagem errada. Mas só tinha esta opção e chegava 1h (21h37) depois do que eu tinha avisado no B&B. Olhei na outra empresa, a Italo e a opção chegava mais de 2h do meu horário inicial, era mais barata, mas o B&B só tinha recepção até 22h30, senão eles cobrariam uma taxa e ia sair elas por elas. Comprei da Trenitalia mesmo.

Resumindo a história, o trem ainda atrasou, tive que falar com um responsável, mudar de trem, correr em Florença, depois correr em Bologna e por último correr em Verona para chegar no B&B antes das 22h30. Tudo isso com uma mochila de 15kg nas costas. No fim tudo deu certo, mas a raiva de ter comprado uma passagem errada foi enormeeeee.

Trem na Italia 18

Estação Firenze Santa Maria Novella

Trem na Italia 19

Ticket comprado na internet 3 meses antes da viagem

Trem na Italia 21

Tickets comprados na máquina com rabiscos da fiscal pela mudança do trem atrasado.

Trem na Italia 20

Pesquisa no site da Trenitalia

Olhando esta tela de pesquisa que eu fiz agora, devo ter me distraído com os trens diretos e mais baratos na hora de comprar e não percebi que era de outra estação. Lembro que de Veneza eu conferi várias vezes na hora de comprar para pegar Veneza Santa Lucia e não Veneza Mestre. Acho que não tive o mesmo cuidado para Florença.

Dicas
  • Compre com antecedência, se possível.
  • Cuide qual estação tanto de origem quanto de destino
  • Veja se é preciso validar o ticket antes de embarcar para não levar multa
Continue a leitura

4 comentários

  • Oi, Carol
    vou aproveitar seu post e sua recente viagem para te perguntar umas coisinhas : quando a compra do ticket de trem é feito pelo site Trenitalia vc imprime o quê ? tem que trocar pelo bilhete lá na estação ?
    beijocas
    amanhã fotografo o que imprimimos e te mando.

    • Oi Lilian,
      Eles enviam o ticket por email, um que tem QR Code e código de barras, igual a este que coloquei no post, de Firenze Campo di Marte para Verona. Só imprimi isto e embarquei direto, não precisa trocar por nada, pois é a própria passagem.
      Bjos

  • Excelente post Carol. Sempre muito útil esse tipo de post. Mesmo já tendo viajado diversas vezes de trem pela Europa já me estressei na hora de comprar passagem pela internet de Berlim para Praga, de Budapeste para Viena etc…… Ontem estávamos, eu e meu filho, comprando de Veneza para Roma e no final quando pedem o itoken,ele fotografou o desenho que aparecia na tela para aparecer o numero no celular e a tela saiu sem ter confirmação da compra e sem imprimir as passagens……..

    • Oi Lilian,

      Algumas vezes dá enrosco mesmo nestas compras. Eu penei para comprar em alguns sites que precisam destas verificações do cartão de crédito, tem dias que não carrega o QR Code, ou demora, ou não aceita o código verificador, rs… Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *