Trem na Holanda

Trem na Holanda 01

A experiência de andar de trem na Holanda foi bem diferente da Itália. Na Holanda, é como se todos os trens fossem regionais, você compra o ticket na hora, nas máquinas automáticas ou nos guichês, sem diferença de preço de comprar com antecedência.

Trem na Holanda

Os trens são todos muito parecidos, tanto é que agora olhando as fotos nem sei diferenciar qual o Intercity ou o Sprinter. Todos tem telas de LCD que mostra a próxima estação, tem também auto-falante, mas dependendo do lugar não ajuda muito. Eu escutava o nome da estação, comparava com a telinha e dava risada sozinha repetindo mentalmente a pronúncia. A minha mochila viajou todas as vezes do meu lado, não peguei nenhum trem muito cheio então nem tentei levantar a mochila para colocar nestes lugares mínimos que aparecem nas fotos.

Como comprar e validar

Você pode comprar o ticket nas máquinas ou nos guichês. Eu que não gosto muito de falar com pessoas, comprei algumas vezes nas máquinas automáticas, porém elas tem uma taxa um pouco maior que o guichê (€0,50) e só aceitam moedas e cartão, este era o problema. Para passagens baratinhas até se consegue pagar com moedinhas, mas quando custava acima de €10 era inevitável o uso do cartão, então fora os 50 centavos ainda tinham os 6,38% de IOF. Algumas vezes que estava sem paciência de procurar onde era o guichê (geralmente são escondidos), usei a máquina, outras vezes para pagar em dinheiro e até para trocar notas de €50 usei a tática do guichê. E tenho que confessar que os holandeses são muito simpáticos, eu só queria comprar o ticket e eles já passavam várias informações como qual a plataforma, quais conexões, etc.

Todos os tickets devem ser validados em uns postezinhos ou nas catracas. No aeroporto e em Den Bosch não tinham catracas, mas na maior parte das outras estações tinha para entrar e sair (Rotterdam Blaak e Dordrecht, por exemplo). Algumas vezes passaram conferindo.

Trem na Holanda 02

Trem na Holanda 03

Trem na Holanda 04

Aplicativos

Baixei 2 aplicativos que achei bem úteis: NS Reisplanner e o 9292.

Usei mais o Reisplanner que era mais completo para trens, tem tudo bem detalhadinho e até informações das estações como banheiros e lockers. Veja nas fotos abaixo um exemplo de pesquisa.

App NS 01

Opções de trajeto com tempo total, tipo de trem e conexões

App NS 02

Opção sem troca de trem com plataformas e preço

App NS 03

Mapa do trajeto

App NS 04

Detalhe que mostra as estações intermediárias

App NS 05

Detalhe de quais estações no caminho

App NS 06

Detalhe que mostra o destino final do trem (Utrecht Centraal)

App NS 07

Opção com troca de trem, quais plataformas e o preço

O 9292 é bom para trajetos que envolvem ônibus também, você coloca a origem e o destino e ele mostra diversas opções. Você nem precisa colocar uma “estação” realmente, pode ser um endereço ou um ponto turístico. Usei para o Kinderdijk (parque dos moinhos).

App 9292 01

Tela inicial, você pode usar a sua localização também

App 9292 02

Opções com o tempo total e número de baldeações

App 9292 03

Opção com 1 trem e 1 ônibus

App 9292 04

Outra opção com 1 trem e 1 ônibus

Dicas
  • Existem alguns trajetos e trens que exigem uma taxa extra como o aeroporto, comprando na máquina já sai com o preço certo. Estes extras são necessários quando é algum passe mensal ou algo do gênero, o site da NS tem as explicações.
  • Como a máquina ou o guichê cobram por transação, se você estiver fazendo um bate-volta, já compre o ticket ida e volta.
  • Ao entrar no trem veja se você está na classe certa. Eu comprava sempre o de 2ª classe, é só conferir no vagão e nas paredes o número 2. Em uma das fotos acima dá para ver a divisória e dentro do mesmo vagão tem 1ª e 2ª classe.
  • Se for andar por Amsterdam, veja este post do Ducs Amsterdam.
Continue a leitura

Tickets Holanda

5 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *