Costão do Santinho – SC

O Costão do Santinho é um resort localizado na Praia do Santinho em Florianópolis. Desde que passei pela frente dele pela primeira vez, há uns 15 anos atrás, fiquei com vontade de me hospedar lá. E a oportunidade surgiu este ano. Eu e minha colegas de faculdade estávamos programando a nossa viagem anual, quando apareceu um cupom de desconto do Costão bem para a data que precisávamos.

 

Costão do Santinho

 

Como Chegamos
Como você pode ver no mapa acima, o Costão (B) é bem longe do aeroporto (A), são cerca de 40km. Eu e uma outra colega que também chegaria sozinha, contratamos o transfer do próprio Resort, que custa R$96 por pessoa, ida e volta. Um taxi custaria este preço cada trecho. As outras 4 amigas, que chegaram juntas, contrataram um serviço de van da Dunastur. A van custou R$120 cada trecho, como elas estavam em 4 pessoas, saiu por R$60 ida e volta.
Onde ficamos
Acho que já respondi esta… Ficamos nas vilas, cada quarto numa vila diferente, pelo jeito não tinha muita diferenciação por ser cupom. Os quartos são espaçosos e o banheiro também, com direito a banheira de hidromassagem. Percebe-se que o hotel já tem um certo tempo de uso, pois algumas coisas parecem gastas, mas não encontrei nada quebrado ou sujo nos quartos.
Todos estavam curiosos para saber como foi o esquema dos cupons. Compramos 3 cupons do Groupon, cada um era para um quarto para duas pessoas. Os cupons davam direito a hospedagem, serviço VIP e translado para a Oktoberfest de Blumenau. Eles poderiam ser utilizados em 3 finais de semana de outubro, portanto, assim que os recebemos, ligamos para o telefone indicado para reservar para o final de semana que nos interessava e recebemos a confirmação por e-mail. No cupom dizia que o desconto era de 50%, de R$2390 por R$1195, porém já havíamos cotado com uma agência, para este mesmo final de semana, por aproximadamente R$1700. Então o desconto não era tão grande assim, ou o transfer para Oktober é realmente muito caro. Como havíamos cogitado pagar os R$1700, o cupom foi a salvação. Ao chegar lá, foi só dar o nome e pegar os crachás (identificação que abre a porta do quarto e o vale toalha) e a pulseira VIP na recepção. Tudo certinho! Não utilizamos o serviço de transporte para a Oktoberfest porque queríamos aproveitar as instalações do Complexo.

 

 

O  resort é dividido em 14 vilas e uma Ala Internacional, com mais cara de hotelzão. Existe um sistema de transporte de vans dentro do resort, pois ele é muito grande e tem um bom desnível entre a recepção e a praia. Dependendo da localização da sua vila, vai ser complicado ir para algum destes lugares.

 

Ala Internacional

 

Ala Internacional

 

Caminho entre a Ala Internacional e as Vilas

 

Uma das vilas

 

Vilas

 

Vilas
O que fizemos
Além de aproveitar muito as piscinas (cobertas, descobertas e térmicas), também passeamos por todo o resort, praia e trilhas. Existe uma trilha que sobe o morro ao lado do Resort, fizemos o trajeto até onde termina o calçamento. No caminho, encontram-se inscrições rupestres numas pedras, é um sítio arqueológico em plena Florianópolis.

 

Vista da Praia do Santinho

 

 

Inscrições rupestres, viu de onde vem o símbolo do Costão?

 

 

 

O Hotel também conta com um “cassino”, cada quarto tem direito a 400 “cassineras”. Como não é permitido jogar a dinheiro no Brasil, você pode brincar com as cassineras. Tem jogo de roleta, pôquer e 21. Eu quase quebrei a banca na roleta!! Acertei várias vezes o número exato! Tanto é que faltou ficha e ele começou a me pagar em cassineras. A pessoa que juntar mais cassineras até as 2h da madrugada ganha um kit do Costão. Mesmo tendo ganho muito, não fui a vencedora da noite. 🙁

 

 

O que comemos
Podíamos escolher entre alguns restaurantes, apenas um especializado em frutos do mar que é pago à parte. O cardápio não é lá grandes coisa, lembrei do cruzeiro que fiz, algumas opções e nada muito imperdível. Gostei mais do Grill que fica na beira da praia e tem churrasco. Todas as carnes que peguei estavam muito boas: picanha, alcatra e fraldinha (vazio).
O café da manhã é muito bom, com várias opções de pães, doces, frios, cafés, sucos e frutas. Achei interessante que tinha café descafeinado (além do normal) e duas opções de requeijão: normal e light. Geralmente é difícil encontrar requeijão.
Durante todo o dia tem uma “copa” perto da piscina onde é possível encontrar salgadinhos, bolachinhas, batata frita, salada de fruta, sorvete e ingredientes para sanduíches, hambúrgueres e cachorro quente. Também tem máquinas de chopp, refrigerantes, sucos e água. É só se servir a vontade. Na piscina tem um bar e no serviço VIP tem-se direito a caipirinhas, espumantes (moscatel ou brut), cerveja, refrigerantes e água. Tomei muito espumante!!
O que compramos

Nada. Tem algumas lojinhas no prédio da recepção, mas não passamos por lá nos horários que elas abriam.

Dicas

Como nem tudo são flores, alguns comentários com pontos de melhoria:

  • A internet wi-fi é paga a parte então não utilizei, acho que all inclusive podia ter wi-fi incluído.
  • A água de garrafinha (gelada) acabou no sábado à tarde no bar da piscina, só tinha uma bombona de 20 litros no sol. Ou seja, tinha que pedir copo com gelo e encher ali.
  • Os guarda-sóis estavam em estado lastimável. Várias bases quebradas ou vazias, então era guarda-sol voando o tempo todo. E ninguém para ajudar! De vez em quando aparecia UM funcionário para ajudar na montagem dos guarda-sóis. Foi um estresse com o tanto que ventava lá.

Mais algumas fotos do complexo:

 

À esquerda é o Restaurante Grill

 

 

O Resort visto da Praia

 

Piscina com borda infinita e bar molhado na Ala Internacional
Continue lendo:

9 comentários

  • Pingback: Compras Coletivas de Viagens – 5 Cuidados na Hora de Comprar -

  • Tenho casa quase do lado do Costão… São meus vizinhos…

  • Obrigada pelos comentários pessoal!

    Érika, existe uma área de recreação para crianças com um pessoal de apoio, não comentei porque não utilizei. Eu achei legal pelo que vi, porém li um comentário meio ruim no TripAdvisor a este respeito.

    Thiago, eu gostei!! Talvez eu não tenha me expressado bem, mas o final de semana foi ótimo. Só teve estes pontos de melhoria. As piscinas são ótimas, os espumantes, os petiscos, o grill, a cama, o chuveiro… Tinha até sol!

    Uma coisa que íamos fazer era a aula de arco e flecha, mas como o sol estava ótimo, ficamos torrando em vez de aproveitar esta facilidade do resort.

  • Uma coisa eu concordo:
    "…acho que all inclusive podia ter wi-fi incluido."
    Afinal de contas, é ou não é ALL INCLUSIVE?
    Bjs

  • Eu näo sou muito fã de resort e não gostei do Costão tb.

    Estive lá em 2007. Minha filha era bebê, recebemos bom atendimento para as necessidades dela de comida, mas é mais um resortão… Não volto.

    Cinthia@chileparacriancas.blogspot.com

  • Sempre tenho medo de comprar viagens nesses sites de compras coletivas. Tive um problemão uma vez e nunca mais tentei. Inclusive, deveria colocar isso no meu blog!

    Beijos,

    Deise

  • Poxa, que pena que não gostou Carol. Quando fui pra lá gostei bastante. Quem sabe não pegou uns dias bons mesmo.

  • Já passei 4 noites no Costão do Santinho, foi em Outubro de 2008 e é exatamente o que você relata. no período eu achei muito caro, mas, como tinha ido participar de um seminário e parte foi pago por terceiros, deu para escapar. Não fui ao cassino. Parabéns pelas fotos.

  • Hummm…..eu pensei que o Costão fosse diferente.. Uma vez até cogitamos de viajar para lá com nosso filho, mas estou vendo que não vale a pena…

    Muito bom o post para esclarecer..

    beijos

    Érika Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *