Viena – Áustria – Parte I

 

Descobri (e continuo descobrindo!) Viena aos poucos. A cidade nunca foi para mim uma estada de dois, ou três dias. Quando a conheci, eu já tinha “sérias intenções” com ela. Nada de romances de verão, era casamento mesmo…Daí, decorre a minha dificuldade em “enquadrar” Viena em algum roteiro turístico. Quando minha colega de blog, Carol, anunciou sua vinda para cá (oba!), decidi que já era hora de largar a preguiça e colocar Viena no mapa:

Visualizar Roteiro em Viena em um mapa maior

Com seus inúmeros cafés, bela arquitetura e o Danúbio, Viena é uma cidade fácil de se amar. Ao passear por suas ruas, praças e jardins, é difícil não notar que a música e os Habsburgs fazem parte da identidade da cidade.São vários palácios, muitos museus, igrejas, parques… Em roteiros curtos, você será obrigado a fazer escolhas e, conforme seus interesses, as prioridades podem mudar. Vou listar aqui algumas sugestões, e você decide o que se encaixa melhor no seu perfil. Combinado? Então, vamos lá…

No coração da cidade, o que eu não deixaria de ver?

1) Stephansdom: é a catedral gótica de Santo Estêvão e símbolo de Viena (tanto que, quando a Segunda Guerra acabou, uma das primeiras construções a serem restauradas foi a velha Steffl). Se o dia estiver bonito, você pode subir na torre norte (elevador), ou na sul (343 degraus!). A vista lá de cima é um arraso e proporciona uma boa ideia da cidade. É possível, também, visitar as catacumbas (meio mórbido) com um guia em inglês e alemão, mas lembre-se que o tour guiado às catacumbas tem horários determinados, a conferir no interior da igreja.
Link para o site em alemão: http://www.stephansdom.at/

 

Vista da torre norte da Stephansdom

Os entornos da catedral dão ótimos passeios a pé, inclua em suas andanças as ruas atrás da igreja. Passeie também pela Graben e pela Kärtnerstrasse, repletas de lojas. Ao andar pela Graben, você vai ver a Pestsäule (Coluna da Peste), um belo monumento com uma origem sombria: a peste negra. Tome, a seguir, a Kohlmarkt. Nesta rua, há uma das confeitarias mais famosas da cidade: a Demel. Aproveite para tomar um café. A opção mais autêntica é um Melange (pronúncia à francesa, ok?), um café com leite e espuma de leite. Ah, não deixe de provar uma de suas tortas, são todas maravilhosas! No final da Kohlmarkt (cheia de lojas exclusivas), você vai dar de cara com o Hofburg. O que nos leva ao número 2:2) Hofburg: a residência dos Habsburgs, os imperadores da Áustria e uma das famílias mais poderosas da Europa por séculos. Esqueça os Kennedys, eu sou mais os Habsburgs! =) Você pode até não entrar no palácio, se estiver sem tempo, mas conferir sua magnífica fachada é um must-see em Viena!

Fiaker (a “gôndola” de Viena) com o Hofburg ao fundo.

De quebra, você pode dar uma conferida na Michaelerkirche (Igreja de São Miguel), no Volksgarten, que tem roseiras lindas na primavera, e…

Wiener Rathaus

3) Rathaus: a prefeitura da cidade. A fachada é espetacular! Em frente, há uma área enorme, que os austríacos sabem aproveitar muito bem: feirinhas, patinação no gelo, musicais, até cinema rola ali. Com sorte, vai haver algo para você ver. Em frente à prefeitura, existe um teatro belíssimo: o Burgtheater e, atravessando o Rathauspark, você encontra o…

Parlamento

 

4) Parlamento: prédio magnífico do fim do século XIX. O estilo é grego, para homenagear a democracia, claro. Seguindo pelo Burgring (uma das ruas que compõem o anel de Viena), você encontra mais atrações:5) Kunsthistorisches Museum: o Museu de Belas Artes de Viena. Reúne as coleções de arte que pertenceram aos Habsburgs: renascentistas italianos, pintores holandeses, flamengos e até uma coleção egípcia (com múmias e tudo!). O prédio é lindo, por dentro e por fora. Se você resolver pagar para ver, existe um café dentro do museu que serve um ótimo Semmel com Frankfurter, o tradicionalíssimo pãozinho com salsicha dos austríacos. De quebra, você vai poder curtir a bela cúpula do museu…

6) Naturhistorisches Museum: o Museu de História Natural. Um programa divertido, não só para crianças. Mais da coleção privada da família imperial, desta vez, com enfoque em geologia, história natural e arqueologia. O destaque é a Vênus de Willendorf (se você não conhece a moça, clique no link). Ah, você vai ver um elefantinho fofíssimo na porta. O prédio é gêmeo do Kunst.

Viena
Naturhistorisches Museum

 

Juntos, um em frente ao outro, com uma estátua da imperatriz Maria Theresa no meio, formam um conjunto que sempre impressiona. Vale a pena, pelo menos, passear pela Marien-Theresienplatz e fotografar os dois museus e a matriarca dos Habsburg (ela teve dezesseis filhos!), que governou a Áustria por quatro décadas. Atravessando a rua Museumsplatz, você vai achar mais um complexo de museus (reparem que eu disse complexo):7) Museumsquartier: já foram os estábulos imperiais. Foram convertidos em museu em 1918. Hoje, os prédios abrigam vários museus, inclusive o Leopold Museum, que contém uma coleção respeitável de pinturas de artistas austríacos: Egon Schiele, Gustav Klimt, Oskar Kokoschka. O pátio é bonito, e adivinha? Mais cafés…

Detalhe de Tod und Leben (Morte e Vida) de Gustav Klimt
(acervo do Leopold Museum).

 

8) Mariahilfer Straße: é a rua de compras dos vienenses. Que shopping, que nada! Você, até, vai encontrá-los por aqui, mas os austríacos gostam mesmo é da Mariahilfer. Em um de seus extremos, está o Museumsquartier e, no outro, a Westbahnhof (uma das estações de trem da cidade). É uma rua longa e cheia de lojas. Se o seu negócio é comprar, vá lá.
Segue o link para o site em alemão: http://www.mariahilferstrasse.at

Se você optar por continuar pelo Burgring, vai passar em frente ao Burggarten (onde há uma estátua de Mozart) e vai chegar à: 9) Staatsoper: o Teatro da Ópera. Uma das casas de ópera mais bonitas do mundo. Se você quiser (e for temporada), poderá assistir a uma ópera aqui. Passe pelo teatro, por volta das 4 ou 5h da tarde e pergunte na bilheteria se há espetáculo e se há stand tickets (vai ser em pé, ok?), mas vai custar apenas 4 ou 5 euros e você verá o prédio por dentro. Ah, há filas, por isso é bom chegar umas três horas antes do evento para garantir seu lugar. É possível, ainda, fazer um tour guiado.

Staatsoper

 

Tomando a Operngasse (rua lateral da Ópera), você vai encontrar:10) Albertina: mais um museu. Desta vez, o forte são as artes gráficas (cerca de 50.000 desenhos e aquarelas!), mas a coleção de pinturas também não faz feio, com obras de Renoir, Monet, Picasso… E as exposições temporárias costumam ser ótimas! Seu café é muito charmoso, e a loja do museu vende muitas opções de souvenirs relacionados com arte.

Albertina

 

Caminhando pela Operngasse, em direção oposta a do museu Albertina, você vai chegar à: 11) Secession: é um prédio com uma cúpula dourada em forma de alcachofra, tremendamente fotogênica. Em Jugendstil, representa o equivalente vienense à Art Nouveau francesa. Se você curte arquitetura, não pode perder… A partir deste ponto, se inicia, também, o Naschmarkt.

Secession

 

12) Naschmarkt: esta dica é para a turma que curte feiras e mercados públicos. O Naschmarkt é um misto de tudo isto. Existem, ainda, vários cafés e restaurantes na área. Aos sábados, o espaço ganha, também, um mercado de pulgas. Se você passear por ali, vai poder fotografar mais duas belas fachadas: a Majolika Haus e a Wagner Haus.
Link para o site do Naschmarkt em alemão: http://www.wienernaschmarkt.eu

Fachada da Wagner Haus, mas as sacadinhas
à esquerda pertencem à Majolika Haus.

A partir do prédio da Secession, atravessando a Karlsplatz, você vai ver a imponente:

13) Karlskirche: a igreja de São Carlos Borromeu. Linda, com magníficas colunas e uma praça, com acesso à estação de metrô. A propósito do tema, as estações de metrô de Otto Wagner (como a Karlsplatz), datadas do início do século passado, também rendem fotos maravilhosas!
Link para o site da Karlskirche em alemão: http://www.karlskirche.at
Na mesma praça, está o…

Karlskirche

 

14) Wien Museum: o museu da cidade. É um museu bacaninha que conta a história de Viena, mas é parte do roteiro secundário. Só entre lá se você for obcecado por história, ou se tiver esgotado todos os museus principais…Outra opção de rota, a partir da Staatsoper, é seguir pelo Ring e caminhar até uma nova atração:

15) Stadtpark: é o parque da cidade, como o próprio nome diz. No parque, há uma estátua dourada de Johann Strauss, um imã para turistas, especialmente japoneses. No verão, há até filas para fotografar o monumento, que é uma da imagens mais conhecidas de Viena.

Johann Strauss e suas fãs, com paciência oriental…

 

Cansou da caminhada? Pois há mais! Fora do centro, você vai encontrar mais maravilhas, facilmente acessíveis pelo eficiente sistema de transportes públicos de Viena. Mas isso é assunto para o próximo capítulo…

53 comentários

  • Pingback: URL

  • Pingback: Programas baratos e de graça em Viena - Viagem em Detalhes

  • sabe indicar o nome de lojas em conta para casacos, calça e bota de inverno?

  • FATIMA GUADALUPE

    Olá Fabíola, eu, duas irmas e o marido de uma delas, estamos partindo amanhã para Viena em uma viagem de 10 dias, que foi assim de supetão, antes de ontem, iríamos ao Sul levar as cinzas do nosso pai para terra dele e ontem surgiu a oportunidade desta ida até Viena, está sendo uma loucura arrumar a mala, minha dúvida é o que levar, já que em pesquisas, a temperatura do verão aí é o nosso inverno na “Cidade Maravilhosa”.

    Temos alguns passeios já programados, como um um dia à Bruxelas na Hungria, outro em Salzburgo, queria também, ir à Praga na República Checa, será que tem trem noturno?

    desde já obrigada.

    abraço.

  • OI FABIOLA, vou ficar em viena do dia 23/12/2014 ao dia 26/12/14 sei que vai estar mtoo mto frio… e queremos passar o natal la! e eu e uma amigo fazendo mochilao… vc pode indicar alguns luigares para aproveitarmos o natal e nao congelarmos hahaha obrigada de vdd

  • Maravilha de blog!!!Vou estar em Viena do dia 27 ao dia 30 de março,deve estar muito frio ainda,não é?Vou chegar pela Wien Meidling,e acho q ficarei no Hotel-Pension Wild na Lange Gasse ,10,é bem localizado?E o transporte da estação para este hotel,qual seria a melhor maneira?Desde ja agradeço e parabéns por este trabalho!!!

  • Fabiola, peço sua ajuda, estou pensando em passar o natal e Reveillon em Viena, e penso em ficar hospedado ou no Ibis MariaHilf ou no Schweizerhof que talvez esteja situado mais no centro. Já sou um coroa e quero visitar museus, teatros e ir até o agito para na hora de descansar, ir para um hotel sossegado e esses dois me parecem uma boa opção.
    Me preocupa um pouco tb ter escolhido para conhecer Viena nessa época que deve ser bem frio, como moro no Rio de Janeiro, lógico que o tempo será muito diferente do frio daqui e tb falo pouco a língua Inglesa, acha que poderei ter muita dificuldade? Qual sua opinião.
    Agradeço se me responder aos questionamentos.
    Abs e boa sorte

  • Fabíola, acabo de achar seu Blog. Fiz uma rápida leitura e estou impressionada com a quantidade de informação que vc disponibiliza.
    Gostaria de saber se vou pegar frio demais no início de novembro, ou mta chuva?
    Seu roteiro que dá início a este post, será a minha base.
    Se puder me ajudar com alguma informação sobre operas e concertos em novembro, vou agradecer. Onde encontrar informações? Devo comprar ingressos aqui do Brasil?
    Obrigada se puder me responder.
    Abs
    Betha

  • fernanda freitas braga

    Fabiola!!! Que blog maravilhoso, estou de viagem marcada para 7 de novembro, vc esta me ajudando muito. Muito obrigada. Bjs.

  • Oi Fabiola! Adorei o seu blog!
    Vou para Viena no dia 22.dez.13 e fico até 02.jan.14 com o meu marido.
    Todos os dias ele me pergunta se já tenho a programação, acho que depois que descobri o seu blog, minha tarefa ficará mais fácil!
    Alguma dica especial para um casal recém casados e com pique para aproveitar cada segundo?
    Bj,
    Daniela

  • Olá FABÍOLA!! Mto bom seu blog! Vou a Viena pela 1ª vez em junho e gostaria de umas dicas de hotéis bons e que sejam bem localizados, principalmente! Não há necessidade de luxo,mas que valham a pena!!Estou montando um roteiro seguindo suas dicas.Valeu e mto obrigada!! Iara

  • Olá Fabíola,

    Você sabe informar se tem algum dia de entrada gratuita aos museus de Viena?
    Adorei o teu post!!!! vou seguir o roteiro todinho, espero que dê tempo.

    Bjooo

  • Muito bom e didático o seu roteiro, bem explicado, com imagens e o nome real dos monumentos.
    Sucesso

  • Olá Fabiola,
    estamos chegando no dia 18/12 e ficaremos até 21/12, vc poode nos dar algumas dicas? Ficaremos no hotel Mate Dependance que fica em Bergsteiggasse, 22 . Esse hotel fica perto ou longe de tudo? Pergunto porque nunca estive em Viena entao fico desnorteada. Um abraço. Lana

  • Olá Fabíola,
    Curti muito as dicas!
    Chegaremos no início de novembro agora, eu e meu irmaõ, a Viena.
    A ideia é sondar as regiões de mochilão e escolher um lugar pra ficar nos próximos cinco ou dez anos.
    Na ordem: Viena, St. Pölten, Melk, Linz, Salzburg.
    Depois um pulo em Bregenz e Feldkirch. Voltando pra Innsbruck, Lienz, Klagenfurt, Graz, Eisenstadt e Viena novamente. Isso em três semanas.
    Obrigado por cada informação!
    Abraços.
    Vinícius.

  • Fabíola, me ajuda: meu marido e eu vamos de trem de Praga para Viena Praterstern, dia 4/10.Pergunto: como ir da estação até o IBIS Mariahilf ? de metrô ou trem? a estação é próxima? como chegar até ao hotel? vamos chegar a noite, há algum problema? se de taxi, qto seria mais ou menos a corrida? Obrigada, Mariana (mari2709@hotmail.com)

  • Olá, Cris!
    A percepção de frio e calor depende muito do clima onde você vive. Pessoas acostumadas com o frio podem achar muito tranquilo temperaturas próximas de zero, enquanto a turma do calor vai tiritar o tempo todo.
    Eu adoro a época do Natal na Áustria e Alemanha! Acho que o clima festivo, o Punsch e as feiras de Natal compensam, com folga, o desconforto do frio. Mas isso é beeem pessoal!
    Enfim, para todos que me perguntam, eu recomendo (pelo menos!) um Natal com neve. O pior que pode acontecer é você achar gelado e nunca mais repetir… Ou você pode se apaixonar (como eu!)!
    Por aqui, as pessoas dizem que não há mau tempo, apenas roupas inadequadas. Eu não chegaria a tanto (a combinação de frio de verdade e chuva é desoladora!). Mas o recado é o seguinte: você vai precisar de um bom casaco de frio e botas "de verdade". Além de gorro, luvas, cachecol (a gente perde muito calor pela cabeça e as mãos congelam ao ar livre). Talvez seja uma boa ideia você deixar para comprar na Europa mesmo por vários fatores (preço, variedade, qualidade).
    Sobre os voos: você pode pesquisar se há histórico de problemas nos aeroportos de Viena e Roma nesta época do ano. Nunca voei no Natal, mas no Ano Novo sim e estava movimentado, mas nada perto do caos brasileiro.
    Beijão

    • pode indicar nomes de lojas ou brechós para comprar os casacos e talvez uma bota e uma calça? estou indo em dezembro deste ano

  • Olá, Bruna!
    O outono na Áustria é lindo! Os plátanos ficam amarelos, vermelhos, dourados. É uma das minhas épocas prediletas! 😉 O parque do Schönbrunn vai estar nestas cores "terrosas" e os esquilinhos também fazem parte da paisagem. Não deixe de ir, ok?
    Sobre a temperatura: um bom site para saber as médias históricas e quantidade de chuva é o da BBC: http://news.bbc.co.uk/weather/forecast/54. Em seu lugar, eu traria um casaco (pode fazer frio) e um guarda-chuva.
    Sobre baladas: existe uma região da cidade, no centro, próximo ao Danúbio, conhecida como Bermudadreieck (Triângulo das Bermudas), onde há uma porção de bares e pubs. A região de Spittelberg (7o. distrito) também têm restaurantes e cervejarias.
    Obrigada pela visita!
    Bjs

  • Oi Fabíola. Parabéns pelo seu blog. Sairemos do Brasil no dia 21/12/12, via Lisboa. Iríamos apenas para a Itália, mas fiquei louca para passar esses 4 dias, incluindo natal em Viena. O frio é suportável? Existe caos aéreo, de maneira que possa impedir nossa ida para Roma? Obrigada. Cris.

  • Olá Fabíola, tudo bem!

    Nunca viajei para Europa e será minha primeira vez na segunda quinzena de outubro deste ano.

    Estou um pouco perdida com relação às roupas que devo levar, em como estará o clima aí… é um bom mês para se conhecer Viena?

    Outra coisa, como estou indo com meu namorado, meu sogro e minha sogra, durante o dia pretendemos visitar os pontos turísticos e fechar com um jantar em um restaurante legal…mas e pela madrugada?rsrs… Há opções boas de balada para eu ir com meu namorado?

    Obrigada desde já! Parabéns pelo blog!

  • Oi Fabíola,
    Muito bom seu blog. Gostaria de saber que a diferença do Viena Cards e Viena pass. Estaremos em Viena em setembro 2012 por 5 dias.Gostaríamos de assistir os eventos de musica erudita, se possível 1 ou 2 pagos e o restante gratuitos. também a gastronomia, mercado público de alimentos e temperinhos ,museus… mas tudo low cust.
    Aguardo contato.
    Eda/Paulo

  • Oi Fabiola,
    Muito legal o seu blog. Chegaremos em Viena no dia 26/07, por volta de 16h e partiremos no dia seguinte, 12:00. Uma rápida escala. Achamos muito interessante esta primeira parte do se roteiro, pois ficaremos perto do stadtpark. É possível fazer este roteiro a partir de mas 17:00? O que você nos sugeriria para um período tão curto? Alguma dica especial para a noite?

    Desculpe tantas perguntas… E desde já agradeçemos. Obrigado por compartilhar.
    Abraço,
    Eloysa/Rogério

  • Olá, Acosta!
    Os dois posts sobre Viena estão recheados de dicas: eu listo os principais museus da cidade, explico como se deslocar e falo sobre a comida. Dá uma lidinha, ok? 😉
    http://www.dicasroteirosviagens.com/2010/07/viena-parte-i.html
    http://www.dicasroteirosviagens.com/2010/07/viena-parte-ii.html
    Além disso, há os posts da Carol contando da experiência dela na cidade. Para conferir todos os posts que têm a ver com Viena no blog é só clicar no tag ou ir no link http://www.dicasroteirosviagens.com/search/label/Viena.
    Mais uma dica: já que você gosta de História, pode se interessar pelo Museu da Guerra (que fica próximo ao Belvedere). A Carol esteve lá e contou sobre a visita em um de seus posts.
    Abraços,

  • Olá, Sheila!
    Obrigada pelo feedback! Espero que sua viagem seja um sucesso! Viena é uma cidade tranqüila e muito fácil de se visitar, pois o sistema de transportes é ótimo! Depois volta para contar o que achou. 😉
    Bjs

  • Fabiola,boa noite.
    Eu e minha esposa estaremos em Viena no mês de maio (26 a 29) e vamos de moto. Sairemos de Veneza e partiremos para Praga. Tenha fascinação pela 2ª guerra.
    Você poderia me dar dicas ?

  • Olá , Parabéns pelo Blog, estou aproveitando muito as dicas, estarei em Vienna de 20 a 24 de maio. O trabalho de vocês facilitou muito o meu planejamento e me deu mais coragem de encarar essa viagem meio mochila!! Abraços e obrigada

  • Voltarei com certeza pra dar esse feedback com todas as minhas impressões e dicas que tiver.
    Obrigada mais uma vez, Fabíola!
    Beijão.

  • Bianca,
    De nada! 😉 Eu amo Viena e é um prazer dar dicas da cidade.
    Staatsoper é o nome em alemão da Viena State Opera.
    Tenho certeza que você vai curtir muito a cidade, que é linda!
    Não deixe de voltar aqui no blog para contar o que achou.
    Boa viagem!
    Beijão

  • Fabiola.
    Super obrigada! Essas últimas dicas são valiosas, já registrei todas.
    Pelo que entendi nas minhas pesquisas, Staatsoper é a outra denominação da Viena State Opera. Estou certa? Se estiver, já está garantido conhecer.
    Já estou encantada com Viena mesmo antes de ir!
    Parabéns pelo blog, por dividir isso tudo com a gente e obrigada!
    Grande abraço.

  • Olá, Bianca!
    Que bom que você gostou do blog! =)
    Com 4 dias, você pode fazer um bate-volta até a Bratislava. É um passeio super bacana! Eu reservaria um dia para isto, pois contando a ida, a volta, um almoço e uma volta pela cidade (tem um castelo lá também!), o tempo voa… Você pode dar um pulo no Devín Castle, que são ruínas na confluência dos rios Danúbio e Morava.
    Ainda na Brastislava, a vista do restaurante no disco voador é muito bacana. Não deixe de conferir! 😉
    Já o Schönbrunn pode ser visitado em meio dia. Existem dois tours pelo palácio(um curto e um longo). Há um zoológico no parque do palácio (Tiergarten). É um dois maiores da Europa. Se decidir visitá-lo, reserve mais meio dia.
    A melhor sala de concertos de Viena é a Staatsoper. É uma das melhores do mundo! =)
    Beijão

  • Fabíola.
    Muito legal seu roteiro. Estou indo pra VIENA em fim de Janeiro. Terei 4 DIAS, sendo que quero fazer um bate-volta a BRATISLAVA (preciso realmente de um dia inteiro?) e ir ao Palácio Schonbrunn (também um dia inteiro?).
    Vou mesclar seus 2 roteiros.
    Adquiri tkts para um concerto de Mozart na Mozart House e a Ópera Fausto no Vienna State Opera.
    Tem algum teatro ou sala de concertos que considere imperdível? Infelizmente a filarmônica e nem mesmo a sinfônica se apresentarão no período em que vou estar em Viena (29/1 a 1/2).
    Terei dias curtos por ser inverno mas vou procurar conhecer o máximo que puder.
    Parabéns pelo site e obrigada por dividir essas dicas tão preciosas com a gente!
    Abçs
    Bianca

  • Fabio,
    Obrigada pelo feedback! =) Espero que vocês tenham aproveitado bastante a viagem!
    Voltem outras vezes ao nosso blog!
    Beijão

  • Ola! Acabo de voltar de Viena e gostaria de agradecer o seu guia, fez nossa viagem muito mais facil!!

    Obrigado!

    beijo,
    Fabio

  • Maria Eugenia,
    Seja bem-vinda ao blog!
    Também prefiro Viena na primavera! =)
    São Paulo é uma cidade cara, mesmo se compararmos com outras grandes capitais do mundo. =(
    Bjs

  • Maria Eugenia

    Visitei Viena ano passado duas vezes, a primeira em maio e a segunda em julho, curti mil vezes mais em maio. Tinha menos turistas. Amei a cidade e achei baratíssima, comparada com S.Paulo.

  • Meninas, adorei as dicas, estou em Viena por alguns dias e resolvi incluir no meu passeio algumas de suas dicas. Parbéns pelo blog, as orientacoes estao bem melhores do que muito guia de turismo por ahi,, que nos simplemente nos deixam perdidas em Viena. Abracos Luciene

  • Maria do Carmo!
    Obrigada pela visita! =)
    Dei uma espiadinha no Coffe Break e achei muito bacana! Já adicionei ao Google Reader.
    Se precisar de dicas de Viena, é só mandar um sinal de fumaça… 😉
    Beijão

  • Meninas, adorei os posts sobre Viena. Estou montando um roteiro para minhas férias e estou com dificuldades de obter dicas de Viena, uma das cidades que pretendo ir. O blog de vcs está ótimo, já estou seguindo. Certamente vou retornar mais vezes. Um abraço. 🙂

    http://areadecoffeebreak.blogspot.com/

  • Aninha,
    Obrigada pela visita e pelo comentário tão gentil! =)
    Beijos

  • Meninas este blog é muito bom!

    Acabei de conhecer, e aos poucos vou me aventurando em suas postagens.
    Também moro em Viena, e tenho um blog onde escrevo sobre as voltinhas que damos com o nosso pequeno por aí.

    Beijocas,
    Aninha.
    http://www.oviajantedefraldinhas.com

  • De nada, Monica!
    Beijos

  • Monica Aamdeo Lamonato

    Brigadão Fabiola
    Nada como falar com quem sabe,né!?
    bjs

  • Oi Monica!
    Sobre preços, acho que você vai ter de julgar por si mesma. =) Entretanto, em muita coisa, acho Viena mais barata que grandes cidades brasileiras. Para compras, vá na Mariahilferstraße. Você vai achar cosméticos e perfumes em drogarias como Bipa (http://www.bipa.at/), Müller (http://www.mueller-drogerie.at/index_@at.htm), Douglas (http://www.douglas.at) e Marionnaud (http://www.marionnaud.at/).
    Beijos

  • lamonato.ggm@terra.com.br

    Oi Fabiola, sou eu de novo.
    Vc sabe me dizer se os preços de creminhos tipo La roche ai tem um precinho melhor que aqui???
    No ano passado em paris comprei bem mais barato.Mas me falaram que Viena é uma cidade cara.Se for bom comprar ai, onde posso encontrar???
    bjs

  • Oi, Monica!

    A Livraria Cultura costuma ter guias em português para vários destinos. Por exemplo, existe a versão da Publifolha do Eyewitness que é ótimo. Desta série, existem uns guias menores e muito práticos, os Top Ten. Site:
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/index.asp

    Eu nunca fui no Musikverein, mas adianto que a proposta do lugar é música clássica. Site:
    http://www.musikverein.at/dermusikverein/dermusikverein.asp

    Beijos

  • Monica Amadeo Lamoanto

    Oi Fabiola, brigadão mais uma vez.
    O prob do guia em ingles é que a gente tem que depender da filhota, que é a unica que fala ingles.Adolescente não tem muita paciencia, né.
    Me sugeriram um concerto no Musikverein, vc acha que seria conveniente ir com ela, que AMA Rock????
    bjs
    Mo

  • Monica,

    Relaxe… =)

    Viena recebe muitos turistas, mas ainda é tranquila, quando comparada com outros destinos.

    Você pode deixa para comprar os tickets aqui.

    Para decidir qual é a melhor opção, você vai ter de escolher o que quer ver e fazer umas contas. Para te ajudar seguem alguns preços:

    – Passe de 72h para a rede de transportes: 13,60
    – Passe de 48h para a rede de transportes: 10,00
    – Passe de 24h para a rede de transportes: 5,70
    – Vienna Card válido por 72h: 18,50

    Note que o Vienna Card dá direito ao uso da rede de transportes e descontos em museus e restaurantes. Mais detalhes aqui: http://www.wien.info/en/travel-info/vienna-card

    Existem passes combinados para o Hofburg e Schönbrunn, bem como outras atrações do complexo dos Habsburgs. Mais detalhes:

    http://www.schoenbrunn.at/en/plan-your-visit/admission-charges/combined-tickets.html

    http://www.hofburg-wien.at/en/plan-your-visit/admission-charges.html

    Guias em inglês você acha na Thalia da Mariahilferstraße, 99. É uma ótima livraria!

    Beijão

  • Monica amadeo lamonato

    Nossa Fabiola,vc é demais!!!!Até fiquei emocionada com sua dicas, ajudou muuuiiito.Tava meio perdida, não é facil encontrar dicas da Austria,até guia estou com dificuldade de encontrar.No ano passado fiz minha primeira viagem internacional, Roma, Veneza e Paris.Ja saimos daqui com td certinho, o que iriamos fazer em cada dia.Foi otimo, não perdemos tempo.Só em veneza que não tinhamos guia e penamos um pouquinho.Não falamos ingles, mas minha filha que não foi o ano passado estará junto dessa vez.
    è uma data especial, no dia 25 faço aniversario e no dia 27 meu marido.
    Só mais uma perguntinha, vc acha que tem necessidade de comprar os tickets aqui ou dá pra deixar pra ver qdo chegarmos???Vale a pena comprar o viena card, t^o na duvida.
    bj grande
    valeu mesmo
    Monica

  • Olá, Monica!
    Obrigada pela visita! Vou tentar responder *todas* as suas perguntas… =)

    O Natal é uma época linda (e gelada!) na Áustria. Já em Salzburg, você vai perceber a atmosfera de celebração. Aproveite (nas duas cidades) as feiras de Natal que são ótimas! Você vai poder experimentar comidinhas, beber Gluhwein e Punsch, que são bebidas semelhantes ao vinho quente, e ver enfeites de Natal lindos!

    Para você, eu recomendaria o Schönbrunn, o Hofburg e o Kunsthistorisches Museum. Eu conferi nos sites, tanto no Schönbrunn, quanto no Hofburg consta que fica aberto diariamente, incluindo os feriados. Já no Kunst, há uma lista dos dias em que o museu abre e fecha, e ele estará aberto nos dias 24, 25 e 26.

    O Schönbrunn ainda conta com um dos melhores mercados de Natal da cidade. M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o! Não perca! =)

    O Ibis está bem localizado, próximo à rua de compras, Mariahilfer, e de uma estação de metrô.

    Quanto à noite de Natal, eu recomendaria uma passadinha na Stephansdom. Eles tem uma celebração especial nesta noite. Talvez seja uma boa ideia, após a chegada, no dia 22, ou 23, vocês procurarem um restaurante e fazerem uma reserva. A cidade recebe muitos turistas nesta época, então opções não devem faltar.

    Beijão

  • Monica Amadeo Lamonato

    Fabiola
    Adorei como faz o seu relato,simples e cheio de informação.Mas, como sou ansiosa, to meio preocupada com nosso roteiro em Viena por causa da época.Chegaremos no dia 22/12 vindo se Salzburg, vamos ficar no Ibis Mariahilf.Minha filha(17a) queria passar o natal em Viena.O prob é que nessa época as atrações fecham, né???então temos que decidir o que vamos visitar, fazer escolhas.O que é dificil.gostaria de conhecer pelo menos um palacio, gosto da historia, de como viviam, dos mobiliarios, etc…quais atrações vc indicaria, se for possivel é lógico.Ah, esqueci, partimos no dia 25/12 para Zurique.E o natal???vale a pena ver um restaurante para a ceia??/Nossa te bombardiei de perguntas, desculpe.
    abç
    Monica

  • Cris, que bom que você está curtindo!
    Seja bem-vinda!
    Beijão

  • Cris Campos

    Que legal, Carol e Fabíola! Não conhecia seu blog ainda, nem Viena, que todos que já foram dizem se apaixonar!
    Estou adorando. 🙂
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *