Gruta do Lago Azul e Grutas de São Miguel em Bonito


Na manhã do segundo dia, visitamos a Gruta do Lago Azul e as Grutas de São Miguel em Bonito.

Grutas de São Miguel

Antes da visita, assistimos um vídeo com as orientações e assinamos um seguro. O início da trilha é feito por uma passarela que passa pela copa das árvores. Bem bonito. Depois tem uma trilhazinha no mato até um ponto para observação de um dos lados da gruta.

A entrada principal conta com uma escada para descer até a gruta. É tudo bem escuro, mas tem alguns pontos de luz e a guia também distribui algumas lanternas para o grupo. A guia explicou sobre os tipos de formações geológicas que são bem diversas.

A caminhada por dentro da gruta não chega a ser cansativa, pois são poucos degraus de cada vez e tem diversas paradas para explicações.

Gruta do Lago Azul

No passeio da Gruta do Lago Azul também tem vídeo explicativo e a assinatura de um papel. A trilha é bem mais curta do que no outro passeio, porém pegamos muita chuva. Foi muita falta de sorte, porque só choveu durante a nossa trilha aberta. Como o céu se manteve claro, o passeio não foi cancelado. Caso prejudique muito a visibilidade, a chuva pode chegar a cancelar o passeio. Também pode ser perigoso de escorregar na escada. São 300 degraus de pedras para chegar até o Lago Azul.

A guia também foi parando e explicando pelo caminho. Tinha uma névoa na entrada da gruta que impedia a visibilidade e estourava todas as fotos. Só vimos o lago quando estávamos bem embaixo. A cor realmente impressiona. É belíssimo!!

Recomendações
  • Uso obrigatório de tênis
  • Preparo físico razoável para aguentar as escadarias e trilhas. Os guias fazem paradas e as caminhadas são curtas, mas é bom avisar.
Veja também os outros posts sobre Bonito:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *