Roteiro de 2 dias em Veneza

VenezaVeneza foi a segunda cidade da Europa que eu tinha algumas ideias na cabeça, achando que não ia gostar muito e pela qual me apaixonei (a primeira foi Paris). Eu pensava em um lugar sujo, com água fedida, com prédios velhos e cheios de ratos. Mas apesar dos prédios velhos e da água nem sempre ter uma boa aparência, a-m-e-i a cidade. E assim como Paris, a minha vontade era de caminhar por cada ruazinha. Caminhei e me perdi muito. Para você ter uma ideia que quanto caminhei, não peguei barco em momento algum. E se perder foi a coisa mais divertida de se fazer em Veneza, logo eu, a louca dos mapas, GPS e senso de direção.

Como cheguei

De trem vindo de Verona. Fiz um post específico sobre Trem na Itália.

Seguindo a dica do Viaje na Viagem, deixei meu mochilão na Estação de Trem de  Santa Lucia e segui para o hotel só com uma mochilinha. Paguei 10 euros a diária e a minha coluna agradeceu.

Onde fiquei

No Sweet Venice. Não sei definir muito bem que tipo de hospedagem que é. Quando escolhi o lugar, fui pela localização. Bem perto da Piazza San Marco. Mas depois da reserva dizia para sem apresentar em outro lugar, relativamente perto, mas nem tanto. Segui as instruções da reserva do booking e cheguei em um dos “prédios” onde tem a recepção. O meu quarto era em outro prédio que não tinha recepção. Se precisasse falar com alguém era só tirar o interfone do gancho que ele ligava para o telefone do recepcionista do outro prédio.

Chegando no meu prédio, recebi a chave da porta deste, do apartamento e do meu quarto. O apartamento tinha 2 quartos e já havia um casal em um deles. Achei legal o esquema, sabia que só ia dividir o banheiro com mais 2 pessoas. E era realmente um apartamento, com sala, cozinha, banheiro e máquina de lavar (como deixei a mala na estação não aproveitei).

O wifi funcionou direitinho e apesar de não ter café da manhã incluído, tinha pão, manteiga, suco e pó para fazer café a vontade como cortesia para os hóspedes. Porém na manhã seguinte comi um pão, achei meio estranho e vi que estava vencido. No segundo dia, tomei café na rua. Mesmo assim, um suquinho ou um café quentinho no meio do dia, caíram bem.

Veneza 01 Veneza 02 Veneza 03 Veneza 04 Veneza 05 Veneza 06 Veneza 07

___________________________________________________________________
Faça sua reserva de hotel em Veneza por este link e ajude o blog. Por ser um serviço que utilizamos com frequência, temos uma parceria com o Booking e a cada reserva realizada pelos nossos links ou pelo buscador da barra lateral você não paga nada a mais e ajuda a manter o blog.
___________________________________________________________________
O que fiz

Só andei pela cidade e entrei em alguns museus e palácios. Não fui nas outras ilhas.

Roteiro de 2 dias em Veneza

Dia 1 – Castello e San Marco

Dia 2 – San Polo Dorsoduro132

O que comi

Continuei na minha saga comendo macarrão a carbonara e menus turísticos com vários pratos. Também comi o melhor panini da viagem: presunto cru, queijo e alcachofra. E experimentei também um calzone de presunto, queijo e funghi que estava bom.

Veneza 08 Veneza 09 Veneza 10 Veneza 11 Veneza 12 Veneza 13 Veneza 14 Veneza 15

O que comprei

Depois de ter economizado em todas as cidades comprando só as lembrancinhas mais leves possíveis, resolvi enfiar o pé na jaca em Veneza. Era tanta lojinha com artesanato, máscaras e vidros de Murano (ou imitação, vai saber) que não resisti. Comprei tudo que tive vontade e comprei uma mala de rodinha para levar no avião (e voltar para a estação de trem antes do avião).

Veneza 16

Biscoitinhos

Veneza 17

Azeites de oliva

Veneza 18

Capas de almofadas

Veneza 19

Miniaturas de bichinhos

Veneza 20

Imãs de geladeira de máscaras

Veneza 21

Pulseira com vidrinho

Veneza 22

Pulseiras com máscaras

Dicas
  • Em Veneza não pesquisei nada com antecedência e só reservei um show de um orquestra que ia tocar as Quatro Estações de Vivaldi na Chiesa della Pietá. Quando fizer o post de cada dia, eu conto quais ingressos comprei e o que visitei.

Veneza 23

Para continuar a leitura:

Veja também a nossa página-resumo da Itália

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *