Roteiro de Albufeira

Ainda não tenho muita certeza se gostei ou não de Albufeira. Por ser mais central e ter muitos restaurantes e bares é um bom lugar para usar como base para conhecer o Algarve. Porém, as estações de ônibus e de trem são um pouco afastadas, como já comentei no post de planejamento, e isso dificulta um pouco os deslocamentos. Acho que é uma cidade boa para alugar carro, apesar do tráfego não ser permitido em algumas ruazinhas centrais. Outra coisa que pode ter atrapalhado a minha visita, foi o tempo ruim, amanheceu muito nublado com previsão de chuva, assim não visitei Praia de São Rafael que é belíssima. No fim nem choveu, mas não arrisquei, pois como era domingo haviam poucos horários de ônibus para ir e voltar de São Rafael. Um ponto positivo é a quantidade de gente nova e grupos de amigos, o que confere um visual muito bonito à própria praia de Albufeira. Comparando com as praias de Lagos, Faro, Tavira e Albufeira a proporção galera x família era bem maior.

 

Albufeira

Praia de Albufeira


Como Cheguei

Fui de ônibus de Lagos para lá. A passagem foi comprada na hora, mas peguei uma lista dos horários disponíveis no dia anterior à viagem, tentei comprar, mas não foi permitido. Só na hora, muito estranho. A viagem foi tranquila e teve algumas paradas no caminho. Sorte que eu ando com GPS e prestando atenção por onde passo, porque o motorista não era muito simpático, não escutava ou entendia nada do que ele falava.
A rodoviária é longe do centro, por isso é necessário pegar um ônibus. A moça das informações turísticas indicou todas as pessoas para a linha vermelha 2 de ônibus, coube à motorista tentar explicar que aquela não era a melhor opção para o centro, era a azul. Porém pelo que eu havia visto na internet era a melhor opção para o meu hostel, o ruim é que ela não conhecia e nem entendeu o mapa que mostrei para ela no celular. Tive que ir acompanhando pelo celular, depois de 40 minutos dando voltas, desci no ponto certo. Depois descobri que peguei a vermelha e não vermelha  2. Acho que estas informações desencontradas e falta de vontade já me desanimaram logo na chegada. O site com informações sobre ônibus é o Giro Albufeira.

Onde fiquei

No Hostel Orange Terrace, reservado pelo Booking. A localização é muito boa e as avaliações que vi também. Achei a manutenção do local um pouco precária. Apesar de parecer haver uma tentativa de deixar tudo organizado (cozinha, banheiro e áreas externas), achei meio caótico. Não gostei do fato de ter apenas um chuveiro aquecido e uma privada extra. Havia também duas duchas frias na rua. Outra coisa é que a menina que ficava durante o dia só falava inglês. Não achei ninguém muito socializável, o que não era o que eu esperava num hostel.

 

Reservei um quarto duplo privado para mim

 

O que fiz

Passeei pela praia e pela cidade.

O que comi

Em Albufeira o mais barato não era sardinha frita, era costelinha de porco, que eu adoro! Vários bares tinham placas oferecendo “ribs” com barbecue e fritas por 4,95 euros! Aproveitei! Achei bonitinha uma hamburgueria da cidade, várias opções de hamburgueres com nomes diferentes.

 

 

Dicas

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *