Serra Gaúcha: Café Colonial e Snowland

Um dia fazendo duas coisas bem divertidas na serra gaúcha: comendo e praticando esportes de inverno. No começo do mês fui para a Serra com a família comemorar o aniversário do meu afilhado. Ele sempre quis ver neve, como não rolou uma viagem para o exterior, fomos na Snowland que é o 1° Parque de Neve das Américas. Antes nós fomos no Café Colonial Sabor do Campo que combina: bom preço, grande variedade e boa qualidade. Ambos se encontram na estrada entre Nova Petrópolis e Gramado e estão marcados no mapa abaixo.
Snowland

Snowland


O caminho sempre lindo da Rota Romântica.

 

 

 

O Café Colonial Sabor do Campo fica na estradinha de terra que tem à esquerda deste pórtico abaixo, já na saída de Nova Petrópolis em direção à Gramado. Tem plaquinhas indicando.

 

 

 

Não vai dar para listar tudo que tem lá, mas tem muita coisa e tudo muito saboroso. Tem pães, frios, risoles diversos, bolinhos salgados empanados, bolinhos doces, tortinhas, linguiça, salsicha, lombo de porco, frango frito, conservas e as sobremesas que eu nunca como. Sou louca por coisas salgadas então nunca sobra espaço para as sobremesas… No máximo um apfelstrudel. O suco de uva é uma delícia. A reposição é à vontade, incluída na preço. Fora o suco também tem vinho, chá e café. Olhem no site a lista completa do que tem lá. Duas coisas boas: não tem fila de espera e o preço é bem mais amigável do que os que ficam na cidade.

 

 

 

Depois de comer pouquinho, fomos para o parque de neve. Tem tudo explicadinho no site: preços e o que está incluído ou não, o que levar, confirmem lá antes de ir. Mas vou dizer o que fizemos para ajudar na escolha.
Entramos pelas 14h, é recomendado levar um casaco, pois o parque é fechado e mantido a 18°C. No preço do ingresso está incluída uma entrada na “Montanha de Neve” por 2h e também a pista de patinação. Quando chegamos, pegamos uma senha para entrar na montanha, o tempo de espera informado na bilheteria estava em torno de 2h. Demos uma volta na pista de patinação e nas lojas. Fomos na escola de neve agendar as aulas que tínhamos interesse: eu queria esqui e meu sobrinho queria snowboard. Mas só tinha aula de esqui para as 19h30!!! Todos os outros horários mais cedo estavam cheios. Snowboard tinha para as 16h30. Marcamos nesta turma, devido ao grande número de pessoas, eles recomendam passar na “Preparação” 45 minutos antes da aula.

 

 

Para matar o tempo até a aula de snowboard, fomos para pista de patinação. Tinha fila também, cada grupo fica 30 minutos. Também entra antes, prepara e espera. Eu andava de roller na adolescência, então não achei muito difícil. Escorrega um pouco mais e o gelo estava bem marcado, o que atrapalha um pouco. Mas foi divertido e cansativo.

 

Sentadinha, pronta e esperando

 

Se acostumando com o gelo

 

E patinando
Fotos do segundo andar, tem uma janela panorâmica para a Montanha de Neve. Deixei pro cunhado tirar fotos do lado de dentro da montanha porque eu ia estar com o equipamento de snowboard e a bateria do celular dele descarregou. Não tenho nenhuma foto!!! Vai confiar em cunhado, vai… rs
Descobri que não levo muito jeito para snowboard, como eu já suspeitava. Até consegui andar e ficar de pé, o problema era parar quando pegava muita velocidade. Um desastre. Fiz a aula de 1h aproximadamente e cansei. Teria mais 1h para ficar na montanha praticando se quisesse. Fora a parte de esqui e snowboard, tem um castelo de neve onde é possível descer com umas bóias, menos radical e não precisa pagar mais nada para brincar. Lá dentro também tem um café onde vendo chocolate quente.

 

 

Dicas
  • A Montanha de Neve é bem fria, é mantida temperatura negativa. Eles dão todas as roupas: calça, casaco, bota, luva e capacete. Tem que praticar algum esporte porque se ficar parado, congela.
  • As aulas de esqui e snowboard são pagas à parte, pode pagar só para alugar o equipamento, mesmo assim eles recomendam fazer aula da primeira lá. Só paga na hora da saída, todos os consumos são marcados na pulseira.
  • O esquema que fizemos deu bem direitinho, marca a aula, faz coisas fora e quando terminamos de patinar já estava na hora de entrar na montanha. O horário de fechamento varia de acordo com o dia da semana.
  • É recomendado ir de meia de algodão para a utilização das botas. A minha bota tava molhada por dentro, achei bem nojentinho… Não sei se era de alguma higienização ou se alguém tinha molhado ao usar. O chão fica todo molhado por causa da neve derretida do pessoal que sai da montanha.
  • Veja também: Serra Gaúcha.

 

___________________________________________________________________
Quer se hospedar em Gramado para aproveitar melhor a Snowland? Faça por este link e ajude o blog. Por ser um serviço que utilizamos com frequência, temos uma parceria com o Booking e a cada reserva realizada pelos nossos links ou pelo buscador da lateral você não paga nada a mais e ajuda a manter o blog.
___________________________________________________________________

 

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *