Toledo – Bate-volta de Madri

Toledo é realmente o bate-volta nº1 de Madri, pelo menos em questão de procura. Cheguei às 9h30 na Estação de Atocha e só consegui passagem para o trem das 12h20. Tive que passear mais um pouco por Madri, não que isso seja um problema. 😉

 

Falando da cidade, Toledo é uma gracinha. Toda de pedra, com flâmulas penduradas nas ruas e janelas, um charme. Mas bem cansativa também, só tem ladeiras!! O que achei estranho é que não achei a cidade muito cheia, como Segóvia. Passei por várias ruas sozinha, fiquei até em dúvida se estava no lugar certo, se devia estar passando por ali. Observem nas fotos, pouquíssimas pessoas passando e eu não sou de esperar não ter ninguém para tirar foto. Acho que tem poucos trens mesmo, para estarem lotados e a cidade vazia.

 

Toledo

Como Cheguei

Peguei um trem Avant na Estação de Atocha, este trajeto tem horário fixo no bilhete. A viagem dura uns 30 minutos, custou $19,10 ida e volta (jun/2011). Da estação de trem de Toledo tem um ônibus direto ao centro da cidade, custou 2 euros (jun/2011) e desci do lado do Alcazar. Também tem a opção de ônibus de linha, que é mais baratinho $0.95 (jun/2011 – números 5, 61, 62 e 95).

 

O que fiz

Desci do ônibus ao lado do Alcazar e já o visitei, o prédio é uma mescla do antigo Alcazar com partes modernas reconstruídas. Ele virou o Museu do Exército, interessante, mas nada imperdível. Gostei de uma sala que eles mantiveram tal qual ficou após o cerco de 70 dias em 1936 durante a Guerra Civil Espanhola, achei bem impactante, tem vários áudios e textos explicando o que aconteceu durante os 70 dias.

 

 

 

 

 

 

 

Praça principal

As flâmulas nas janelas são um charme!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também visitei a catedral, é grande e linda!! É a parte imperdível da cidade. Inclusive foi o único lugar que vi mais pessoas, tinha até uma fila pra comprar ingresso.

 

 

 

Vagando pelas ruazinhas, vi uma plaquinha: Antíguos Instrumentos de Tortura. Resolvi arriscar, era pequeno, mas interessante.

 

 

 

 

 

Desci de escada rolante

 

 

 

O que comi

Lembro que uma das coisas típicas que li sobre Toledo eram os mazapanes. Acho que é o que chamamos de Marzipã, pelo que li a respeito os ingredientes variam um pouco de região para região o que pode alterar um pouco a textura e o sabor.

 

Dicas

  • Assim como várias outras atrações que visitei na Espanha, este lugar é um patrimônio histórico mundial, veja mais informações no site da Unesco.

 

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *