Roteiro de El Chaltén

El Chaltén é simplesmente fantástica. Ou melhor, os arredores de Chaltén são fantásticos!! A cidade em si é pequena e vive apenas do turismo gerado pela parte norte do Parque Nacional Los Glaciares. Normalmente esta cidade fica fora dos roteiros pelo sul da Argentina, praticamente todos os pacotes só englobam Ushuaia e El Calafate. Uma pena! Então muita gente me perguntou o que eu ia fazer durante 4 dias lá!! Tanta coisa linda para conhecer!! Ainda faltou tempo para alguns trekkings… Não é a toa que a cidade é chamada Capital Nacional dos Trekkings. Para mim, está competindo com Torres del Paine para ser um dos lugares mais lindos do mundo, a geografia é bem similar, talvez, por isso, seja difícil de escolher.

El Chalten
Cerro Poincenot e Fitz Roy, bem lindões!! Isso é muito raro!!

Clique na imagem acima para abrir o Google Maps


Este é o Cerro Solo, lindão também!!

 

E este céu inacreditável às 22h?!

Como Cheguei
De ônibus, vindo de Río Gallegos e El Calafate. Saí de Río Gallegos às 13h e foram 4h até El Calafate, com a empresa Cooperativa Sportman. Não gostei do veículo, era um micro-ônibus caindo aos pedaços!! E o motorista colocou um CD tocando Bye Bye Tristeza e outras pérolas do gênero em espanhol. Imagina a situação!! Até guardei o meu fone de ouvido para curtir. Foi cômico. Quando comprei no Plataforma10 era a única opção disponível, acho que procurei com muita antecedência, quando você faz a pesquisa para datas mais próximas, aparecem também a Marga e a Taqsa que são ótimas empresas pelo que vi e conversei por lá, mas não cheguei a utilizá-las. São os ônibus mais modernos. Em El Calafate peguei um ônibus da Cal Tur às 18h30 para El Chaltén, são 3h de viagem. O ônibus é bom e a paisagem no caminho é linda!!
Parada no caminho entre Calafate e Chalten

 

Tem empanada e sanduíche de milanesa para comprar

 

Chegando em El Chaltén

 

Chegando em El Chaltén
Onde fiquei

Na Hosteria Koonek. Gostei bastante!! Fiquei em um quarto triplo, mas paguei como single e fiquei sozinha. O quarto é bom e espaçoso, o banheiro é meio apertado, mas atende bem, com água quente que é o que importa. A dona é bem atenciosa, super solícita. Me explicou todas as trilhas, deu dicas do que levar, que roupa usar e me motivou a ir sozinha sem medo. Na chuva até!! E deu tudo super certo. Ela também ajudou com os dois transfers que eu precisava, ligou para alguns para ver os melhores preços e horários que me atendessem. Muito legal!! Nos dias que precisava, ela servia o café da manhã mais cedo do que o normal. No café da manhã variava um pouco o tipo de pão e se tinha frios ou não, mas sempre tinha manteiga, geléia, croissants, frutas, cereais, iogurte, sucos, café e chás.Se quiser outras opções de hospedagem em El Chaltén, clique aqui.

Duas camas

 

E a terceira cama. No armário tem cofre com senha.

 

Banheiro, a privada está escondida atrás da porta

 

Café da manhã
O que fiz
Reservei as duas excursões que fiz em El Chaltén com a Patagonia Aventura. Esta é uma das maiores empresas locais e é a única operadora que faz o Ice Trek no Glaciar Viedma.
Roteiro de 4 dias inteiros em El Chaltén
 (clique no dia para ver o relato completo)
Dia 1 – Trekking autoguiado a Laguna Torre (Cerro Torre)
Trilha até a Laguna Torre, o clima tava meio feio

Dia 2 – Navegação no Lago del Desierto e Trekking ao Glaciar Huemul

Lago del Desierto e Glaciar Huemul ao fundo

Dia 3 – Ice Trekking no Glaciar Viedma (caminhada no gelo)

Lago Viedma e Glaciar ao fundo

Dia 4 – Trekking autoguiado desde a Hosteria El Pilar até a Laguna de los Tres.

Laguna de los Tres, Cerro Poincenot e Cerro Fitz Roy
O que comi
Mais cordeiro!! Até lasanha!! Mais sorvete de calafate também. Tem uma lenda de que quem come calafate volta para a Patagonia, eu comi a frutinha várias vezes e também o sorvete para garantir.
El Muro: um bistrô bem charmosinho, com vários pratos de dar água na boca. Bem ao norte na Av. San Martin. Gastei em torno de $100 em um prato, taça de vinho e água.
Mi Viejo: parrilla, a recomendação é comer os cortes assados. O prato do dia tem um preço bem mais em conta. Na Av. San Martin, um pouco antes do El Muro. Gastei $100 em uma empanada, prato do dia e refrigerante.
La Wafleria: Waffles doces e salgados! $20 a $30 cada. Também na Av. San Martin.
La Cerveceria: não comi, só experimentei a cerveja feita lá. Achei a cerveja mais ou menos, a espuma tem pouca consistência, $20 cada tulipão. Adivinha qual avenida?
Lasanha de cordeiro enorme, dava para duas pessoas tranquilamente no El Muro

 

Prato do dia do Mi Viejo: cordeiro com fritas

 

Waffle de salame com queijo na Wafleria

 

Sorvete de Calafate em uma sorveteria da Av. San Martin
O que comprei
Nada!! Até olhei umas vitrines, procurei uma lembrancinha para trazer, mas não animei com nada. Pouca variedade e caro. E eu também estava com preguiça de qualquer coisa. Foco total nos trekkings.
Dicas
Mais umas fotos das paisagens em volta da cidade…

 

 

Faz parte do roteiro:

 

Veja também:

O Blog Dicas e Roteiros de Viagens viajou para El Chaltén em parceria com a Patagonia Aventura.

24 comentários

  • Pingback: Destaques da Semana 25 | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

  • Olá Carolina. Estou indo de moto e desejo chegar na Vila O'Higgins para subir pela Ruta 7 chilena (Carretera Austral). Por acaso você sabe se consigo atravessar os Lagos com balsas ? Podes me informar um link que eu possa pesquisar melhor ? Obrigado.

  • Oii Carolina, tudo bem.
    estou programando para fazer apenas um passeio em El chalten..
    e o trekking q mais me interessou foi o "Trekking autoguiado desde a Hosteria El Pilar até a Laguna de los Tres." gostaria de saber como vc quanto pagou para entrar no parque , se eh q tem q pagar ne.. e quanto pagou para a empresa guiar vc??.. Obrigada pela ajuda.e parabens pelo site.. bjos

    • Oi Aline, esta região do parque tem entrada gratuita (apesar de ser o mesmo parque do Perito Moreno, que tem um custo para entrar). O trekking autoguiado fiz sozinha, como diz o nome é autoguiado, é só seguir a trilha. Se você não se sentir segura (dá um friozinho na barriga se enfiar sozinha no meio das montanhas), é possível pagar um guia para te acompanhar. Não sei o valor, mas tem vários disponíveis na cidade, pode pedir uma recomendação no seu hotel. Boa viagem!

  • Carol, segue um texto que escrevi de El Chaltén no blog… Citei seu blog como maior contribuinte da nossa viagem 🙂 Bjos
    http://www.viagemeviagens.com/2013/el-chalten-2-dias-de-aventura-e-paisagens-deslumbrantes/
    Mariane (mariane__barbosa@hotmail.com)

    • Oi Mariane,
      Que legal!! Pelo jeito sua viagem foi muito boa e você conseguiu ver o Fitz Roy sem nuvens!! Obrigada pela indicação e fico muito feliz em saber que contribuí para a viagem de vocês. Bjos

  • Olá, Caroline, estive em El Calafate em dezembro12, e fiquei 3 dias no lugar, como roteiro de passeio escolhi Glaciar Perito Moreno, não deu para fazer os dois passeios. se tivesse que escolher qual escolheria Perito Moreno ou El Charten?

  • Obrigada!! Estou embarcando dia 2 e estou super ansiosa ehhehe
    Mariane Barbosa

  • Carolina, esqueci de te perguntar… Você fechou o trekking autoguiado foi por qual agência? Conseguiu contato lá ou já tinha feito pelo Brasil? Mariane Barbosa

  • Carolina, obrigada pela atenção!! Estarei olhando e nossa mala já está quase tdo organizada com todas as opções possíveis heheheh bjos mariane barbosa

  • Carolina, mto obrigada pelo retorno das minhas dúvidas! Na realidade incluí el chalten somente pelo glaciar viedma e pelo fitz roy. Então, acho q consegui uma avaliação de alguém que já esteve lá para ter certeza do que já tinha cogitado!! Hein, aproveitando mais um pouquinho… Em q mês vc foi? Estamos providenciando nossas roupas, mas como é difícil rsrsrs bjos

  • Olá, depois de mta pesquisa e encontrei seu blog e me deixou com algumas dúvidas e arrependida de ter deixado somente 2 dias inteiros para el chalten 🙁 Será q poderia me ajudar? Nós vamos fazer o viedma ice trekking e qual outro passeio você sugere para fazermos no outro dia? Eu tinha pensando em fazer a laguna torre, mas suas fotos do laguna de los tres me deixaram de queixo caído!!! Obrigada Mariane Barbosa (E-mail: mariane__barbosa@hotmail.com)

    • Olá Mariane!!
      Muito dificil esta pergunta! O trekking a Laguna Torre é mais fácil, quase todo o trajeto. Eu dei azar de estar com tempo ruim. Para Laguna de los tres, a parte final é beeeem dificil e se tiver tempo ruim, praticamente inviável. Sei de gente que já foi lá várias vezes e nunca viu o Fitz Roy. Se eu tivesse que escolher apenas um… Escolheria o Fitz Roy. 😉

  • Que bom que Expedição Andando por aí ajudou vocês… Fiquei feliz em ler isso. Lindas fotos e belo roteiro… Parabéns!
    Bjs
    Carla

  • Muito legal, Carol! Não vejo a hora de conhecer!!!

  • Belas fotos, baita aventura, guria! Definitivamente esse mundo está cheio de lugares que vale a pena conhecer…

  • Roomie!
    Adorei teu post, deu uma saudadinha!
    Fiz só dois dias de trekking em El Chaltén, o mesmo que você fez pelo Lg Viedma. Então algumas fotos eu reconheci direitinho! Mas agora fiquei com mais vontade de ter passado mais tempo lá!
    Lindas fotos! Deve ter sido o máximo a viagem!! 🙂

    • Roomie! Adorei esta viagem, foi realmente fantástica… Estou apaixonada por trekking e paisagens de inverno. Você tem que voltar e ficar mais tempo por lá!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *