Florianópolis – Parte II

Final de semana passado rolou um encontro de blogueiros/viajantes em Florianópolis. Foi uma oportunidade de conhecer um pouco mais esta ilha que tanto adoro, além de conhecer também alguns amigos da viajosfera. Já falei o quanto gosto de Floripa neste post aqui e ano passado também passei um final de semana que rendeu este outro post aqui.

 

Florianópolis

 

Como Chegamos

Com voo promocional da Gol. Todos os viajantes combinaram este encontro durante uma destas promoções de final de semana, lá em dezembro. Alugamos um carro com a Inova, que é a maior locadora de carros de Santa Catarina.

 

Onde ficamos
No Tucano House Backpackers. Foi meu primeiro hostel e era como eu imaginava com muita interação entre os hóspedes e um staff super atencioso. O café da manhã era muito bom, com várias opções de pães, bolinhos, frios, sucos naturais, café e frutas. As áreas comuns eram bem legais com piscina, mesa de sinuca, pranchas, lockers, etc. O quarto que fiquei era para 11 pessoas e tinha banheiro.
Foi uma experiência legal para um final de semana, mas não é o meu estilo de viagem. Este negócio de ter que ficar cuidando a hora que vai no banheiro, tomar banho rapidinho para não incomodar os outros, ter que recolher e fechar tudo na mala, não é mais para mim! Mas foi bom para conhecer, não passei nenhum perrengue e nem tive problemas com os colegas de quarto (a maioria era do nosso grupo e o resto alguns gringos sem noção).
Uma coisa legal do Tucano é o jantar temático no próprio hostel, cada noite uma culinária diferente: tailandês, mexicano, churrasco, pizza, etc. Depois do jantar já vai todo mundo junto para a balada.

 

Tucano House

 

Piscina do Tucano

 

Programação da semana

 

Lockers na recepção

O que fizemos

No sábado queríamos conhecer a Ilha do Campeche. Para isso, fomos até a Praia da Armação e tomamos um barco para a Ilha. Esta é a maneira mais econômica (R$40), você também pode pegar um barco da Praia do Campeche que fica mais perto, mas o barco é mais caro (R$60-R$75). Estes preços são ida e volta. Você combina com o piloto o horário de retorno.
Praia da Armação

 

Praia da Armação

 

Praia da Armação

 

Praia da Armação

 

Ilha do Campeche

 

Ilha do Campeche

 

Ilha do Campeche

 

Ilha do Campeche

 

Transporte para voltar ao barco

 

Praia da Armação

 

Praia da Armação
No domingo queríamos conhecer Santo Antonio de Lisboa, acabamos atrasando um pouco a saída do hostel e já paramos direto para o almoço em Sambaqui. Alguns já tinham voo cedo e tiveram que correr para o aeroporto. Na volta para o hostel paramos num mirante da Lagoa da Conceição.
Sambaqui

 

Sambaqui

 

Sambaqui
Mirante da Lagoa da Conceição

 

Mirante da Lagoa da Conceição

 

Mirante da Lagoa da Conceição

 

O que comemos

Sanduiche de filé tamanho super (mais comprido que o pão francês normal)

 

Soda Italiana, não conhecia.

 

Decoração do Restinga Recanto

 

Decoração do Restinga Recanto

 

Congrio a Belle Meuniere

 

Esta torta é maravilhosa, experimentamos na Sanduicheria da Ilha, mas encontramos também no aeroporto.

Dicas

  • Fomos em duas baladas muito legais: Mustafá e Confraria. O Mustafá é mais simples e estava tocando hip hop no andar inferior e samba/pagode/sertanejo no superior, já quase na hora de fechar tocou um pouco de pop e eletrônico. O Confraria é muito lindo, com vários ambientes, super decoração e bem caro também, o pessoal vai mais arrumado, os dois DJs (um deles era Kevin Barnet) que tocaram eram muito bons, só eletrônico.

8 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *